Total de visualizações de página

terça-feira, 12 de julho de 2011

Parte Trinta e Cinco: Maria



FLASHBACK MARIA

INT.Hospital-corredor-Anoitecendo

Maria esta passando por um corredor quando vê um medico esta indo à direção contraria.

Maria
Doutor!

Gabriel
Sim?

Maria
Onde fica o banheiro?

Gabriel
È só a senhora seguir pelo corredor e virar a esquerda, é a terceira porta.

Maria
Muito obrigada!

Gabriel
De nada!

Maria segue pelo corredor, de repente surge um homem sujo de sangue e emitindo um grunhido, Maria para amedrontada.

Maria
Você esta bem?

O homem parte pra cima de Maria e a joga contra a parede, e começa a tentar morde-la.

Maria
Socorro! Socorro!

Gabriel corre ate Maria e segura o homem.

Gabriel
Solta ela!

O Homem tenta morder Gabriel que joga ele contra a parede, o homem bate na parede e cai no chão.

Gabriel
Você esta bem moça?

Maria
Ele tentou me morder!

Gabriel
Eu vi!

O Homem começa a se levantar.

Gabriel
Eu vou chamar a segurança, fique parado.

O homem parte pra cima deles de novo, o homem tenta morde-los, Gabriel estranha os olhos do homem, enquanto o segura.

Maria
Ele está louco!

Gabriel
Não! Acho que ele está morto!

Maria
Isso não é possível!

Gabriel empurra o homem contra a parede que bate a cabeça com violência e para de se mexer.

Maria
Você o matou.

Gabriel agacha ao lado do corpo e toca o sangue.

Gabriel
Tem pouco sangue!

Maria
O Que isso quer dizer?

Gabriel
Era pra ter muito mais sangue, parece que esse homem já estava morto.

Maria
Então como ele estava andando?

Gabriel
Eu não faço idéia.

Um homem usando roupas de segurança do hospital surge no corredor.

Maria
Não tivemos culpa, ele nos atacou!

Gabriel se levanta e segura o braço de Maria.

Gabriel
Espera!

Gabriel nota as manchas de sangue no uniforme do segurança.

Maria
O que foi?

Gabriel
Corre!

O segurança corre na direção deles, Gabriel empurra o segurança no chão enquanto Maria corre com dificuldade.

INT.Hospital-Recepção-Anoitecendo

Ao chegarem na recepção eles se deparam com pessoas sendo devoradas, algumas ainda estão vivas, o segurança chega na recepção, Gabriel atinge ele com um extintor de incêndio.

Maria
O que diabos esta havendo?

Gabriel
Vamos sair daqui, antes que essas vejam a gente.

Gabriel e Maria caminham para a saída.

EXT.Hospital-Estacionamento-Noite

Maria e Gabriel estão caminhando pelo estacionamento.

Maria
Pra onde estamos indo?

Gabriel
Pro meu carro!

Maria
Não sei se é uma boa idéia, eu nem te conheço.


Gabriel
Acho melhor você vir comigo do que ficar aqui...

Uma mulher passa correndo pelo estacionamento, sendo perseguida por um grupo de seis zumbis, Gabriel se abaixa e puxa Maria pra que ela se abaixe também, os gritos da mulher ecoam pelo estacionamento.

Maria
Cadê o seu carro?

Gabriel
É aquele em frente à mulher sendo devorada.

Maria
O que são essas coisas?

Gabriel
Descobrir o que eles são é a menor da minha preocupação no momento, eu quero é evitar acabar igual àquela mulher ali, ou aquelas pessoas na recepção.

Maria
Eu não moro muito longe daqui.

Gabriel
Então vamos pra lá.

Gabriel da a mão para Maria e eles caminham pelo estacionamento usando os outros carros pra se esconder.

Maria
E se lá na rua as coisas estiverem pior?

Gabriel
Eu espero que sua casa seja perto o suficiente pra gente chegar lá vivos.

Gabriel vê uma barra de ferro caída no chão e pega.

INT.Casa De Maria-Sala-Noite

Maria entra apressada, Gabriel entra logo depois e acerta um zumbi com a barra de ferro o zumbi cai na entrada da casa.

Gabriel
Você não mora tão perto assim!

Maria
De ônibus é rápido!

Gabriel
Liga a televisão, eles devem saber o que esta acontecendo.

Maria liga a televisão

Imagens de duas crianças devorando uma mulher esta passando, Maria quase vomita.

Gabriel
É o fim do mundo!

Volta para o estúdio a Apresentadora esta boquiaberta com as imagens.

Apresentadora
O que vocês acabaram de ver é uma pequena amostra desse evento que esta varrendo todo o globo terrestre, não temos maiores informações mais o governo informa que centros para acolher as pessoas estão sendo criados, e que as pessoas devem permanecer em casa, no trabalho onde estiverem, é perigoso andar na rua, tente fortificar o local onde você se encontra, e a forma mais eficaz de parar uma dessas coisas é causar um trauma na cabeça, voltamos com mais informações a qualquer momento.

Maria desliga a televisão.

Maria
Isso não pode esta acontecendo!

Gabriel esta discando alguns números no celular.

Maria
Pra quem você esta ligando?

Gabriel
Pra minha esposa!

Gabriel desliga.

Maria
Não conseguiu?

Gabriel
Não completa a chamada, você por acaso tem telefone em casa?

Maria
Está cortado por falta de pagamento.

Gabriel
Eu preciso ir pra casa, ver se ela esta bem...Eu não queria te deixar sozinha, mas eu preciso ir...Se você quiser você pode vir comigo.

Maria
Você não ouviu o que eles disseram na televisão? é mais seguro ficar em casa, sua esposa deve esta bem.

Gabriel
Eu não vou conseguir ficar aqui sem ter certeza.

Maria
Eu entendo!Então acho que aqui é o adeus.

Gabriel se aproxima de Maria.

Gabriel
Escuta, eu vou ate a minha casa, vou botar minha mulher no carro e vou leve-la para um desses centros que eles estão criando...Eu vou passar aqui pra te buscar.

Maria
Você não precisa se preocupar eu vou ficar bem, só cuida da sua família.

Gabriel
Você esta grávida, e parece que esse bebê vai nascer dentro de uns dois meses no Maximo, se essa coisa continuar você vai precisar de um medico, eu vou fazer o seu parto... Eu vou voltar só me espere.

Maria
Eu vou entender se você não voltar.

Gabriel
Eu nunca quebro minhas promessas, e eu prometo que eu vou fazer o parto do seu bebê, mesmo não sendo essa a minha especialidade.

Maria da um beijo na boca de Gabriel.

Maria
Desculpa...

Gabriel
Tudo bem tranque bem essa porta e não entre em trabalho de parto ate que eu volte.

Maria
Pode deixar...Qual é o seu nome?

Gabriel
Gabriel...E o seu?

Maria
Meu nome é Maria!

Gabriel
Muito prazer Maria!

Gabriel abre a porta e sai, Maria se senta no sofá com uma expressão preocupada e leva a mão ate barriga.

Maria
Tudo vai ficar bem! Tudo vai ficar bem!

CopyRight@2011

Mauricio: Sim eu escrevi a historia para o blog do Matheus, acho que ele resolveu usar o personagem na historia dele, comenta lá pra ter certeza, mas eu acho que é isso mesmo.

PS: Eu achei que esse capitulo ficou meio fraco, peço desculpas!

10 comentários:

  1. ok miguel e fico ótimo esse capitulo fico ansioso pela aproxima parte

    ResponderExcluir
  2. ta baum pra carai, so que é pequeno,

    ResponderExcluir
  3. concordo com o Murillo, o capítulo foi ótimo, só foi pequeno....

    esperando ansiosa pela próxima parte!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. foi bom, essa parte do hospital foi uma boa sacada. só podia ser maior rs
    ta show!

    ResponderExcluir
  5. Ei fui só eu que vi a mesma sendo repitida pela 3 vez?Uma mulher sendo perguida por 6 ou 5 zumbis é bem comun né?SUAHSHUAHUSUHASH,zumbis safadenhos =D

    ResponderExcluir
  6. A e mais uma cena repetida,2 cianças comendo uma mulher,essas crianças zumbis de hoje em dia num tem jeito né?suahsuahus

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. A muié da um beijo na boca do cara sem nem saber o nome dele, dafuckk??

    ResponderExcluir
  9. Ficou muito bom xD, ja tava ficando curioso de como estava os hospitais depois da infecção, deven ser os primeiros lugares que o virus de espalhous. abraço!

    ResponderExcluir