Total de visualizações de página

sábado, 13 de agosto de 2011

Parte Quarenta e três: Talvez Eu Tenha Um Plano



INT.Loja de Ferragens-Noite

Estão todos reunidos comendo biscoitos, menos Matias.

Lina
Não vai comer?

Matias
Vocês parecem esta precisando mais do que eu.

Gabriel
é bom ver que você sobreviveu!

Matias
Digo o mesmo doutor.

Mauro
Ele disse que tem uma grávida no grupo dele doutor.

Gabriel
Quantos meses?

Matias
Oito eu acho!

Gabriel
Pode dar a luz a qualquer momento...

Matias
Eu sei!

Julia
Ela escolheu uma péssima hora pra ter um filho.

Gabriel
Na verdade muitas mulheres tinham seus filhos em casa, contando que não haja nenhuma complicação com o bebê, acho que não seria difícil realizar um parto.

Lina
O difícil é sair daqui.

Julia
Agente não tem mais comida, vamos morrer aqui.

Mauro
Se desesperar não vai adiantar.

Julia
Ficar calmo esperando que uma solução caia do céu também não!

Gabriel
Tenta não gastar energia se irritando Julia.

Matias
Nós vamos sair daqui não se preocupem.

Lina
Tarde demais, nós já estamos preocupados.

Matias
Minha irmã esta lá fora com quatro pessoas que eu conheço a menos de um mês, acha que eu não estou preocupado? Tem uma mulher grávida que pode dar a luz a qualquer momento acha que eu não estou preocupado com isso? Mais no momento não tem como sairmos daqui.

Julia
Eu estou faminta!

Gabriel
Todos nós estamos Julia...

Julia
Às vezes eu penso que seria melhor se eu deixasse que esses zumbis acabassem de uma vez comigo...Pelo menos esse sofrimento acabaria.

Mauro
Não seja burra garota, nós vamos sair daqui...Mais se você realmente quiser fazer isso a porta é bem ali, talvez enquanto eles estejam entretidos com você agente consiga dar o fora daqui...Mais eu não gostaria que você fizesse isso.

Matias
Tem bastante comida com o meu grupo, eu prometo que vocês vão poder comer o que quiserem.

Lina
Se agente conseguir chegar ate eles.

Matias
Me dêem um dia e eu vou pensar em alguma coisa.

Lina
Um dia? Não sei se agüento mais um dia.

Gabriel
Vai ter que servir!

Mauro olha pra Matias que parece esta pensando.

EXT.Loja de Ferragens-Terraço-Dia

Mauro está sentado no para-peito olhando para os zumbis enquanto fuma um cigarro, Matias esta olhando também.

Matias
Cigarros é algo difícil de achar hoje em dia.

Mauro
Nem me fale, estou com esse maço a uns vinte dias, e só tenho mais dois cigarros alem desse que eu estou fumando.

Matias
Você esta com medo?

Mauro
Eu não sinto mais medo!

Matias
Queria ser assim!

Mauro
O que foi aquilo lá na rua garoto?

Matias olha procurando por algo.

Matias
Não estou vendo nada!

Mauro
Me refiro a você, pronto pra estourar os miolos.

Matias
Não sei ao certo, eu vi isso acontecer...

Mauro
Num sonho?

Matias
Parecia mais uma visão...Esses zumbis corriam na minha direção e eu me matava era assim que devia terminar.

Mauro começa a rir.


Matias
Não acredita em algo assim?

Mauro
Você acha que era pra você morrer ali?

Matias
Sim!

Mauro
E minha interferência mudou tudo?

Matias
Talvez!

Mauro
Bom, eu vi um garoto puxar o gatilho seis vezes e sua arma não disparar, depois vi esse mesmo garoto apontar a arma pra cabeça de um zumbi e puxar o gatilho e dessa vez a arma disparou...Eu não entendo muito de destino e essas coisas, mas não me parece que você tivesse que morrer.

Matias
Eu não sei bem o que pensar cara, eu preciso acreditar em algo, eu fiquei alguns dias numa igreja e lá eu acreditei numa coisa maior...Eu tive fé, mas então tudo foi por água abaixo e eu me senti perdido de novo, mas quando eu tive essa visão eu passei a acreditar que meu destino era morrer pra salvar os outros, mas então você apareceu.

Mauro
Eu nunca tinha rezado antes disso tudo começar, talvez eu tenha rezado quando era criança mais não me lembro bem...Não a mal nenhum em ter medo, em querer acreditar numa força maior, que tudo isso esteja acontecendo por alguma razão, mas não pense que a razão é que você se sacrifique pelos outros, isso não é sobre você ou sobre mim...Isso é sobre o mundo todo, quem sabe Deus pensou que isso uniria os homens, mas ao invés disso só piorou as coisas o egoísmo aumentou ainda mais...As pessoas estão se matando por uma lata de coca.

Matias
é cada um por si!

Mauro
Eu não penso assim!

Matias
Nem eu!

Mauro
Talvez por isso continuamos vivos, por que nos importamos com os outros, enquanto a maioria morreu tentando salvar o próprio rabo, nós tentamos salvar outras pessoas.

Matias
Eu já matei pessoas, pra salvar a minha irmã...Por raiva...Mais no fundo tudo que eu sempre quis foi manter minha irmã a salvo.

Mauro
Você tem durado bastante garoto, mas do que muitos soldados treinados...Algo assim não acontece por sorte ou destino, eu suponho que você saiba o que faz.

Matias
Não tenho mais tanta certeza disso.

Mauro
Vamos sair daqui...Eu sei!

Matias
Vocês estão sem comia, por que você não saiu pra buscar comida?

Mauro
Eu ate tentei, mas havia muitos deles juntos...Eles sozinhos ou em pouco numero são controláveis...Se tiver muitos deles é melhor você correr para o outro lado.

Matias
Você disse que tem bastante armas e munição, acha que consegui matar a maioria deles atirando daqui?

Mauro
Ate conseguiria, mas olha quantos são...Tudo que vamos conseguir é atrair mais deles pra cá.

Matias
Tem razão!

Mauro
Esse era o seu plano?

Matias
Um deles.

Mauro
Qual era o outro?

Matias
Você ainda têm granadas?

Mauro
Não!

Matias
Droga!

Mauro
Parece que você terá que pensar um pouco mais.

Matias nota um radio transmissor na cintura de Mauro.

Matias
Por acaso esse radio funciona?

Mauro olha pro radio e retira ele da cintura.

Mauro
Se quem você tentar contata não estiver muito longe, sim ele funciona!

Matias
Um pouco de sorte afinal!

Mauro
Você tem um plano?

Matias
Se esse radio funcionar...Acho que conseguiremos sair daqui.

Mauro
É muito bom ouvir isso!

Copyright2011

4 comentários:

  1. Não aconteceu muita coisa, mas foi u bom capitulo.

    Vamos ver o que o Matias ta pensando...

    ResponderExcluir
  2. aiaiai *-*
    E ai, consegue ou não?
    Prox Capt... lá vou eu!

    ResponderExcluir